You are currently browsing the tag archive for the ‘sutiã’ tag.

as lingeries da farm

A Farm é uma marca que toda brasileira conhece. Ela possui esse clima de veraneio e frescor que a gente tanto ama! Mas além das roupas e dos acessórios lindos, a Farm também possui suas lingeries – que são uma fofura! São leves e delicadas e combinam demais com o estilo da marca.

as lingeries da farm

as lingeries da farm

as lingeries da farm

Acho que eu poderia dizer que as lingeries da Farm são uma coisa: descomplicadas. São confortáveis e deixam a gente livre com tangas e bralettes de tule. Não tem nada melhor que isso, né? Olha só algumas peças que você pode encontrar no e-Farm:

as lingeries da farm

R$89 | R$79 | R$79

as lingeries da farm

R$69 | R$69 | R$69

as lingeries da farm

R$29 | R$29 | R$39

Os preços podiam ser mais amigos, mas até que não diferem tanto do que encontramos por aí. Toda vez que eu acho algo bonito na Hope tenho uma síncope por causa do preço, heheh.

Anúncios

usar sutiã é mesmo necessário?

Você entra numa loja de lingerie e se depara com inúmeros tamanhos e modelos de sutiãs diferentes. Escolhe alguns (às vezes, dois idênticos, mas de tamanhos diferentes) e vai ao provador. Você experimenta, analisa, olha aqui, olha ali… Vê que esse está um pouquinho apertado e decide experimentar outro modelo. O segundo ficou certo, mas, infelizmente, o modelo não te favoreceu. E eis o grande dilema. Poucas são as mulheres que sabem realmente o que fica bom no corpo delas. Ou seja, na maioria das vezes, levam sutiãs que não seriam os perfeitos para sua silhueta.

Comprar sutiã é realmente uma odisseia e tanto, mas e se, um dia, um cientista francês te dissesse que você nem precisa ter todo esse trabalho com a parte de cima da lingerie? E se ele afirmasse que usar sutiã é totalmente desnecessário? Bom, o nome desse novo ídolo do público masculino é Jean-Denis Rouillon, do Centro Hospitalar Universitário de Besançon, que passou 15 anos estudando os seios de 130 mulheres (que se dispuseram a não usar sutiã) para fazer tal afirmação.

A pesquisa controversa de Rouillon concluiu que os seios, sem sutiã, cresceriam mais e não seriam afetados pela temida lei da gravidade. De acordo com ele, a peça poderia atrofiar os seios e ser a causa de muitas dores nas costas. Rouillon afirma que usá-los não é um ato saudável para o corpo feminino, mesmo na prática de esportes.

Na sua pesquisa, 42% das mulheres se sentiram desconfortáveis ao deixar de usar sutiã, mas se acostumaram depois de três meses. Para ele, os seios não se beneficiam (do ponto de vista médico, psicológico e anatômico) ao serem privados da gravidade. Pelo contrário: eles permanecem durinhos, no lugar e a pele fica mais bonita. Mas mesmo com essas descobertas, Rouillon não diz que as mulheres devem abandonar os sutiãs. Sua pesquisa é apenas preliminar e indica resultados só numa pequena parte da população.

usar sutiã é mesmo necessário?

Depois de conhecer um pouco sobre os estudos do pesquisador, me peguei pensando em algo. E se realmente for verdade que os sutiãs danificam o corpo? Pela história e evolução da lingerie, vimos que muitos elementos foram abolidos do guarda-roupa feminino justamente por não serem saudáveis. O espartilho é um desses exemplos. Quantas mulheres já não desmaiaram por o apertarem demais? Quantos efeitos absurdos não conhecemos de lingeries que mais machucavam do que modelavam? Essa pesquisa pode ser (quem sabe) um passo para mudança nas roupas íntimas femininas.

Claro que sempre precisamos pensar nos dois lados da história. A doutora Joanna Scurr, da Universidade de Portsmouth, é uma expert na biomecânica dos seios. Ela afirma que mesmo  uma simples ação, como andar pela rua, é um movimento muito desconfortável para o busto lidar. Os sutiãs dão suporte e uma silhueta suave à mulher. Já Charles Hunt, da Escola Britânica de Osteopatia, afirma que, se os seios não possuem um surporte, a frente do corpo pode sofrer uma pressão, causando problemas no pescoço e coluna.

Bom, enquanto a moda não pega, vou usando meus conjuntinhos de lingerie normalmente. Mesmo que os sutiãs não sirvam para nada, pelo menos ajudam a gente a se sentir mais bonita, né não? :)

+ DailyMail

Conheça o sutiã "bralette"

Não sei vocês, mas eu sempre busco conforto nas minhas lingeries. Entretanto, não dá pra ficar usando roupa íntima careta o tempo inteiro. Por isso, venho falar do modelo de sutiã de hoje, o bralette. Ele é ótimo para quem tem pouco busto e digo por conta própria: o danado é lindo e muito confortável.

É sempre feito de um tecido maleável e não tem aro nem bojo. Ou seja, eles não apertam “os meninos”! Os modelos que tenho visto ultimamente são de renda – mais um motivo para a gente se apaixonar.

Acho fofos esses modelos da NastyGal! Mas sempre acho sutiãs lindos na Loungerie também – e com preço em conta. Os bralettes combinam bastante com aquelas camisetas que são cavadas nas laterais. Dão um charme todo especial, como um elemento-surpresa na roupa.

Claro que é sempre bom ter uma dose de bom-senso, né? Tomar cuidado com a transparência do bralette e o tamanho do decote da blusa é sempre importante. Infelizmente a mulher brasileira acha que apenas seios turbinadíssimos (com sutiãs push-ups) são valorizados pelos homens. Na verdade, um bralette pode ser muito sexy mesmo, acreditem. ;)